Veja como fingir orgasmo pode arruinar seu relacionamento

Só isso? Mau humor feminino dura 10 dias por ano
27 de novembro de 2014
Sexo e exercício físico
12 de Janeiro de 2015
Exibir todos

Veja como fingir orgasmo pode arruinar seu relacionamento

Mentir durante o sexo dificulta a comunicação do casal e torna mais difícil resolver as diferenças

Fingir orgasmo pode ser um dos motivos pelos quais algumas relações não dão certo. Segundo a colunista especializada em sexo Talia Burner, este hábito faz mal à vida do casal mesmo que tenha uma boa intenção por trás. As informações são do site The Huffington Post.

“Quando se tem um orgasmo ou finge ter um, você está se comunicando claramente com o parceiro e dizendo que o que estão fazendo juntos está certo. Se não está dando certo e você não tem orgasmos, mas quer tê-los, fingir não é justo”, diz.

Ela explica ainda que, mesmo nos casos em que as pessoas fingem prazer para que o “parceiro se sinta bem com ele mesmo”, há maneiras melhores e mais saudáveis de resolver esta questão. “Você sabe que não conseguirá ter um orgasmo agora e que, portanto, quer se livrar logo disso sem avisar ou não a outra pessoa envolvida. O certo seria dizer que não será possível naquele momento e sugerir fazerem outra coisa juntos”, completa.

Outra especialista no assunto, a colunista Katherine Marrone concorda que se livrar desta pressão é um dos caminhos para corrigir as “diferenças de gênero” neste quesito. De acordo com estudos, os homens têm duas vezes mais chances de terem um orgasmo do que as mulheres. “Temos que pensar porque as mulheres têm menos orgasmos que os homens e acho que isso é um sintoma do sexismo na nossa cultura, que encara o corpo feminino como um objeto de desejo em vez de agente do próprio desejo e sexualidade da mulher”, diz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *